Sexta, 21 Agosto 2015 18:12

Valente Ceará vence tricolor no Morumbi

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Atacante Fabinho sofreu pênalti para o segundo gol do Ceará Atacante Fabinho sofreu pênalti para o segundo gol do Ceará Foto: Tatiana Fortes / Jornal O Povo

O Ceará entrou em campo na noite desta quarta-feira, 20, pela partida de ida da Copa do Brasil. Com o time reserva, lanterna da série B e a pior campanha do primeiro turno na competição nacional contra um São Paulo querendo se reabilitar, diante do torcedor e vindo de uma derrota por 3 a 0. 

O clima era favorável a uma vitória do adversário, mas no futebol não se vence ou perde antes do árbitro apitar o início de uma partida.

O inacreditável aconteceu e o Vozão venceu o São Paulo pelo placar de 2 a 1. É fato que a partida marcou um jogo de ataque contra defesa. O tricolor em absoluto se lançava ao ataque e o Vovô se defendia de todas as formas possíveis. 

Foram apenas três ataques do Ceará e em dois deles o alvinegro balançou as redes com o atacante Rafael Costa que após oito jogos sem marcar, desencantou no momento mais importante para a equipe. Outra marca importante foi para o treinador Marcelo Cabo, que consegue duas vitórias seguidas no comando da equipe. 

O São Paulo descontou com Alexandre Pato em um belo chute colocado. A partida de volta está marcada para quarta-feira, 26, na Arena Castelão, às 19h30.

FICHA TÉCNICA:


SÃO PAULO 1 X 2 CEARÁ

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 20 de agosto de 2015, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Bruno Raphael Pires (GO)
Público: 13.015 pessoas
Renda: R$ 309.884,00
Cartões amarelos: Reinaldo, Alexandre Pato, Luiz Eduardo e Wilder (São Paulo); Fabinho, Carlão e Sánchez (Ceará)
Gols: CEARÁ: Rafael Costa, aos 17 minutos do primeiro tempo e aos 20 minutos do segundo tempo; Alexandre Pato, aos 22 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Lucão, Luiz Eduardo e Reinaldo (Wesley); Thiago Mendes, Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso e Carlinhos; Alexandre Pato e Luis Fabiano (Wilder)
Técnico: Juan Carlos Osorio

CEARÁ: Luís Carlos; Wellington Carvalho, Charles e Gilvan; Guilherme Andrade, João Marcos, Carlão, Uillian Correa e Sánchez; Fabinho e Rafael Costa (Carlos Alberto)
Técnico: Marcelo Cabo

Tarcísio Ribeiro

 

Lido 6844 vezes
Banner Sky