Lucas

Lucas

    Em dia atípico para jogos  do leão, o Fortaleza  entrou em campo buscando a tão sonhanda vaga na série B, o jogo foi realizado lá em Caxias do Sul contra o Juventude no alfredo Jaconi, com o placar zerado o acesso ficou aqui para o jogo de volta no estádio do Castelão. O empate acavou agradando os dois lados, por que o papo sabe se fizer um gol pode garantir sua vaga e para o tricolor de aço a vaga será decidida no Castelão lotado no próximo domingo(09/10) ás 19:00.

    O primeiro tempo foi movimetando com gols anulado e chances perdidas, o primeiro gol anulado foi pelo lado do alviverede do Sul, após escanteio cobrado pela esqueda Vacaria desvou na primeira trave para Roberson livre fazer. Porém o jogador usou o braço para marcar. O leão também teve seu gol anulado, alias mal anulado, por que Corrêa cobrou falta a zaga saiu errado a bola ficou limpar para Daniel Sobralense que chutou duas vezes para marcar, contudo o bandeira anulou gol legal do tricolor.

  O Juventude teve chances com Roberson e com Hugo o leão respondeu com Daniel Sobralense, mas o placar ainda ficava zerado. Fim de primeira etapa do jeito que começou. No segundo a partida caiu de produção o leão jogou na marcação o alviverde tentou mas não consegiu, o jogo ficou truncado e cheio de faltas e sem lances de perigo. Dessa forma o placar ficou no 0x0 e a grande ''final" será no Castelão no próximo final de semana.

  Fortaleza e Juventude voltam a duelar por um vaga na série B de 2017 já no próximo domingo(09/10) aqui na capital alencarina, o jogo será realizado ás 19:00, outro empate sem gols a vaga será decidida nas grandes penalidades, vitória para qualquer lado vira comemoração para o acesso e empate com gols o Juventude sobe para série B de 2017. Agora aguardemos para a grande decisão, no qual um subirá para série B e o outro permanece nesse martilho chamado série C.

 

       Nesse sábado(10/09) no Castelão Fortaleza e Remo jogaram pela décima sétima rodada do campeonato brasileiro série C. As equipes miram sua vaga para a fase verdadeira da competição. O Fortaleza tinha como objetivo conseguir a classificação logo nesta rodada, o Remo no mínimo queria a permanência do G-4  

      O Fortaleza saiu de campo com um ótima vitória e com a classificação assegurada para o mata-mata da série C. O tricolor de aço venceu o time paraense por 4x1 em uma ótima apresentação perante sua torcida.

      A partida iniciou com o tricolor de aço adiantando sua marcação para pressionar a saída de bola do Remo, situação que surtiu efeito, pois o leão de aço criou boas chances. O Fortaleza abriu logo o marcador, Felipe chapelou o adversário e tocou para Corrêa o volante cruzou na área para Daniel Sobralense marca o gol tricolor.

     O leão de aço não diminuiu o ritmo após marcar o gol, o tricolor criou uma grande chance, após passe de Juliano, Daniel Sobralense deu um leve toque na bola para dentro da área, no qual o atacante Anselmo cabeceou no canto de Fernando Henrique, que com as pontas dos dedos desviou a bola que ainda atingiu a trave.

    O artilheiro Anselmo ainda teve outra boa oportunidade, o atacante entrou livre na área o goleiro Fernando Henrique saiu do gol todo estabanado, o camisa 9 deu um leve toquinho na bola, mas antes de cruzar a linha o zagueiro Ciro Sena evitou o gol. O Remo conseguiu o empate com Renato que chutou de fora da área a bola desviou em Felipe e enganou Berna.

     Pela produção das equipes o resultado era injusto, após cobrança de escanteio a bola sobra na entrada da área para Rodrigo Andrade chutar forte a bola passou por debaixo do goleiro , dessa forma o leão de aço marcou o seu segundo gol.

    A segunda etapa de jogo o ritmo caiu, o Fortaleza recuou suas linhas para buscar jogar no contra ataque, o Remo era dependente de Eduardo Ramos. A boa jogada do segundo tempo saiu dos  pés do camisa 10 que fintou três adversários e tocou para Michel que concluiu por cima do gol.

    A táctica de Marquinhos Santos deu êxito após erro de passes do Remo, o zagueiro Lima faz lançamento longo o meia Rodrigo Andrade ganha do marcador e cruza para Corrêa que de peixinho marca mais um para o tricolor.

    O Remo foi com tudo para o ataque após cruzamento de Marcinho, Levi dribla o defensor e chuta cruzado, o zagueiro Lima salva em cima da linha. O tricolor de aço ainda ampliou o placar, Felipe tocou no meio para Leandro Lima que fez o corta luz , no qual a bola chegou Juninho que tentou duas vezes para marcar o gol da goleada tricolor.

  Com o resultado o Fortaleza já está classificado e irá jogar  em João Pessoa na busca pela liderança do grupo para poder decidir o jogo do 'acesso" dentro do Castelão e com o público de quase 31 mil pagantes o leão tem o maior público da competição nacional.

  

  

             Na Arena Pantanal Cuiabá e Fortaleza jogaram pelo campeonato brasileiro série C, o dourado conseguiu após quatro anos um tabu ao vencer o leão pela primeira vez na história em jogos oficia. O resultado foi péssimo para o tricolor perdeu a liderança do grupo e de quebra viu a diferença para o quinto colocado diminuir, que com o final da rodada está em três pontos, já pelo lado do dourado, o time saiu da zona de rebaixamento.

            A partida foi muito fraca tecnicamente e sonolenta , somente aos 17 minutos tivemos a primeira chance Tiago Amaral chutou por cima do gol. O Fortaleza só atacou com Pio em cobrança de falta. O jogo estava caminhando para o 0x0 até que em uma jogada infantil Corrêa derrubou o adversário dentro da área e o juiz marcou penalidade. Tiago Amaral cobrou no canto baixo para abrir o placar.

          No segundo tempo o Fortaleza tinha a obrigação de sair para o jogo, mas o tricolor estava irreconhecível em campo, o dourado aproveitou-se disso para mandar no jogo, Diogo quase marca o segundo Thiago Amaral deve uma outra chance clara, mas chutou para fora. O leão estava encurralado e sem criatividade,até que novamente o tricolor comete outro erro, Felipe fez outra falta dentro da área e novamente o juiz assinalou penalidade.

         O atacante Thiago Amaral cobrou colocado sem chances para o arqueiro tricolor marcando o segundo gol da partida. Para complicar Rodrigo Andrade ainda foi expulso de campo. O dourado estava a mil, Robston quase amplia de cabeça. A última chance foi do leão Edimar cabeceou por cima do gol. A partida termina em 2x0 para o Cuiabá que com a vitória saiu da zona de rebaixamento, já o leão perdeu a liderança do grupo A da competição nacional.

        O Fortaleza na próxima rodada vai jogar em Natal contra o ABC, ás 20:00 no sábado (20/08), para buscar retomar o caminho das vitórias, ainda existe a expectativa que durante a semana a diretoria tricolor anuncie duas contratações um goleiro e um atacante. 

           Partida realizada pela décima rodada do campeonato brasileiro série C, Fortaleza e América-RN jogaram no Castelão com objetivos diferentes do primeiro turno. No jogo de ida lá em Natal, as equipes lutavam pela ponta da tabela, agora o leão permanece nessa batalha já o mecão buscava fugir do fantasma do rebaixamento.

          O jogo foi muito pegado, e em vários momentos lento, as equipes não queriam ficar expostas e guardavam muito o posicionamento inicial que seus treinadores colocaram em campo. Lance de perigo tivemos com o tricolor, após cruzamento de Wiliam Simões, Daniel Sobralense desvia, a bola sobe para Anselmo chutar por cima do gol.

          A sonolência em campo era grande, as marcações não davam espaço aos ataques, em uma saída errada da defesa do leão, Richardson chutou de fora da área e Erivelton quase engolia um frango Até que a primeira grande falha aconteceu, o goleiro Camilo do América saiu errado e tocou a bola para Daniel Sobralense que matou no peito e chutou para balançar as redes e marcar o primeiro gol do jogo. As falhas não parou por ai , Tiago Potiguar cobrou falta na área tricolor o goleiro Erivelton largou a bola nos pés de Alex Henrique que só teve o trabalho de empurrar para as redes empatando o jogo.

        Na segunda etapa o leão voltou um pouco melhor, e logo desperdiçou uma grande oportunidade de gol , após tabelinha entre Pio e Daniel Sobralense, o volante chutou  a bola na trave.  E aos 18 minutos a última falha do jogo, Pio cobrou falta de muito longe a bola saiu rasteira e foi perdendo força, contudo o goleiro Camilo não conseguiu segurar a branquinha que só parou no fundo das redes.

      Depois do gol o jogo ficou sem sal, o mecão demonstrou ter um ataque inoperante e o leão ficou só gastando o tempo pra sacramentar mais um vitória, mais três pontos e voltar para liderança do grupo A. Agora o Fortaleza irá fazer dois jogos fora de casa, primeiro o leão joga contra o Cuiabá e depois vai enfrentar o ABC em Natal, tentando defender a liderança do grupo A do campeonato brasileiro série C

    

    

           Partida realizada pela décima rodada do campeonato brasileiro série C, Fortaleza e América-RN jogaram no Castelão com objetivos diferentes do primeiro turno. No jogo de ida lá em Natal, as equipes lutavam pela ponta da tabela, agora o leão permanece nessa batalha já o mecão buscava fugir do fantasma do rebaixamento.

          O jogo foi muito pegado, e em vários momentos lento, as equipes não queriam ficar expostas e guardavam muito o posicionamento inicial que seus treinadores colocaram em campo. Lance de perigo tivemos com o tricolor, após cruzamento de Wiliam Simões, Daniel Sobralense desvia, a bola sobe para Anselmo chutar por cima do gol.

          A sonolência em campo era grande, as marcações não davam espaço aos ataques, em uma saída errada da defesa do leão, Richardson chutou de fora da área e Erivelton quase engolia um frango Até que a primeira grande falha aconteceu, o goleiro Camilo do América saiu errado e tocou a bola para Daniel Sobralense que matou no peito e chutou para balançar as redes e marcar o primeiro gol do jogo. As falhas não parou por ai , Tiago Potiguar cobrou falta na área tricolor o goleiro Erivelton largou a bola nos pés de Alex Henrique que só teve o trabalho de empurrar para as redes empatando o jogo.

        Na segunda etapa o leão voltou um pouco melhor, e logo desperdiçou uma grande oportunidade de gol , após tabelinha entre Pio e Daniel Sobralense, o volante chutou  a bola na trave.  E aos 18 minutos a última falha do jogo, Pio cobrou falta de muito longe a bola saiu rasteira e foi perdendo força, contudo o goleiro Camilo não conseguiu segurar a branquinha que só parou no fundo das redes.

      Depois do gol o jogo ficou sem sal, o mecão demonstrou ter um ataque inoperante e o leão ficou só gastando o tempo pra sacramentar mais um vitória, mais três pontos e voltar para liderança do grupo A. Agora o Fortaleza irá fazer dois jogos fora de casa, primeiro o leão joga contra o Cuiabá e depois vai enfrentar o ABC em Natal, tentando defender a liderança do grupo A do campeonato brasileiro série C

    

    

             Em jogo de um só tempo,pois a primeira etapa da partida foi sem tempero, Fortaleza e Confiança ficaram no empate na Arena Castelão, em jogo válido pela 11° rodada do campeonato brasileiro série C. O dragão conseguiu abrir uma boa vantagem fora decasa, ao marcar dois gols, contudo Anselmo diminuiu e Lima no final da partida empatou o jogo novamente. Após 45 minutos de bom futebol o empate acabou ficando justo para as equipes que já pensam na próxima rodada.

            A partida teve seus momentos de sonolência, com pouca criatividade e muita marcação, é um resumo dos primeiros 45 minutos de jogo, lances de perigos poucos, pelo lado Confiança, após uma saída errada do zagueiro Edimar o jogador Igor chutou de fora da área com força, para Ricardo Berna fazer grande defesa. O leão teve uma boa chance com Pio que matou a bola no peito e chutou por cima do gol adversário. Fim de primeiro tempo e um Fortaleza completamente diferente do que jogou na última quinta(28/07)

          No segundo tempo tivemos emoções, o dragão veio para cima, e Alvaro de fora da área já mandou o recado para a defesa tricolor, o leão respondeu logo em seguida, Rodrigo Andrade fez fila, mas chutou em na marcação, na sobra Everton pega de primeira a bola passou raspando a trave. O dragão já havia arriscado de longe, o meia Cascata ficou sem marcação levou a bola até a entrada da área e chutou cruzado para marcar o primeiro gol da partida. O tricolor de aço respondeu com Felipe que quase marca.

          Contudo em contra ataque mortal Thiago Sily levou a bola sem marcação e tocou para Wallace Pernabucano que dentro da área, arrumou para o pé direito e tocou no canto baixo do arqueiro Ricardo Berna. O leão tinha que correr atrás do resultado, o volante Corrêa que estava completando 100 jogos com a camisa tricolor deu um ótimo passe para Anselmo que chegou primeiro do que a zaga do dragão e empurrou para as redes. O jogo ficou na pressão do leão, mas a defesa do time sergipano estava bem na partida.

          Até que aos 45 minutos, novamente ele, Corrêa cobrou falta o zagueiro Lima conseguiu chegar primeiro ao encontro da bola para cabecear forte no canto do goleiro, empatando o jogo. Dessa forma Fortaleza e Confiança ficam no 2x2, o dragão saiu do Z-2, mas não respira aliviado por que a diferença é de 1 ponto, já o tricolor ainda é líder, mas pode perder esse posto para o ABC caso vença o Salgueiro fora de casa. O Fortaleza novamente jogará no Castelão, na próxima rodada enfrenta o América-RN.

                                                 No Castelão hoje (30/03) tivemos um encontro de tricolores inicinado a busca de uma vaga na semi final da Copa do Nordeste. Fortaleza passou na primeira fase com muita dificuldade, já o Bahia atropelhou todos seus adversários, dessa forma o esquadrão baiano tem a melhor campanha da competição.

                                                O Fortaleza saiu na frente com Juninho, contudo não consegiu segurar a pressão do Bahia que ainda na primeira etapa virou o jogo com o meia Juninho em dois chutes de fora da área, ambos os gols a defesa tricolor deu espaço para o atleta do tricolor baiano escolher onde chutar. A primeira etapa o Bahia teve um maior volume e ainda perdeu uma grande chance com Tiago Ribeiro, o leão teve sua chance clara, porém Anselmo não aproveitou.

                                               Na segunda etapa o Bahia ficou esperando o leão, querendo matar o jogo no contra ataque, já o Fortaleza pecou na criação de suas jogadas Jean Mota muito marcado por Feijão não rendeu igual nas últimas partidas. As duas equipes tiveram boas chances, o leão com Everton que sozinho perdeu a oportunidade de empatar a partida.

                                              O Bahia teve com Luisinho que chutou rasteiro no canto de Berna. O Bahia recuou, o Fortaleza foi para aquele famoso abafa, sem criatividade ainda consegiu criar duas oportunidades, a primeira após bate-rebate o zagueiro Edimar concluiu mal a bola foi para fora com o arqueiro do Bahia no chão. A outra chance foi após uma cobrança de falta, Lima desviou a bola subiu e Juninho tentou um sem pulo, mas Lomba defendeu.

                                              Agora o Fortaleza para conseguir a classficação tem que vencer o Bahia por dois gols de diferença, 1x0 o Bahia passa outro 2x1 agora favorável ao leão a vaga será decidida nas penalidades. O tricolor cearense terá o retorno de Pio para o jogo lá na Fonte Nova, partida que irá acontecer no próximo domingo (03/04).

 

Ficha técnica

Fortaleza (4-4-2) 

Ricardo Berna; Moacir (Eduardo), Lima, Edimar e Wilian Simões; Felipe (Clebinho), Jean Mota, Éverton e Daniel Sobralense (Juliano); Juninho e Anselmo

Técnico: Marquinhos Santos

Bahia (4-2-3-1) 

Marcelo Lomba; Hayner, Éder, Lucas Fonseca (Robson), João Paulo; Feijão, Paulo Roberto (Júnior Ramos); Luisinho, Juninho, Edigar Júnio (Henrique); Thiago Ribeiro

Técnico: Doriva

Gols: 7min/1T - Éverton lança bola com categoria para dentro da área e Juninho manda a bola para as redes. 32min/1T - Juninho tem espaço livre de marcação para acertar forte chute de longe. 36min/1T - Juninho vira o jogo para o Bahia mais uma vez mandando um balaço com distância para o gol. 

Local: Castelão, em Fortaleza-CE
Data: 30/3/2016
Horário: 21h45min
Árbitro: Renan Roberto de Souza - PB
Assistentes: Marcio Freire Lopes - PB e Oberto da Silva Santos - PB
Cartões amarelos: Feijão (B), Hayner (B), Jean Mota (F)

                               Em jogo válido pela última rodada da primeira fase do estadual o Fortaleza quase dá outro vexame diante do Maranguape dentro do PV. O tricolor de aço  até os 18 minutos da segunda etapa perdia a partida por 2x0, após um escanteio tudo mudou, com gols de Leonardo Luiz, Pio empatando o jogo e Jean Mota o leão virou para cima do gavião e assegurou mais três pontos. 

                               Com a vitória o leão encerra a primeira fase como líder de seu grupo, contudo dois pontos atrás do Ceará na classificação geral, o alvinegro terminou essa fase com 21 pontos já o tricolor com 19 e o Uniclinic como surpressa da competição com 18. Agora serão dois gurpos de três, um lado tem Fortaleza, Uniclinic e Maranguape do outro Ceará e a dupla Guarasol e Guaraju, serão seis jogos paea definir os semi finalistas.

                             Durante o jogo, o Fortaleza foi superior, porém o tricolor de aço perdia oportunidades reais de abrir o marcador, com Anselmo duas vezes e Moacir o leão jogou fora suas chances. Em troca de passes e em uma tentativa de tomar a bola o zagueiro Leonardo Luiz cometeu uma penalidade, Niel foi para bola e marcou o primeiro do jogo. O leão sentiu o golpe, não demonstrou forças para equilibrar o jogo. Ao fim da primeira etapa já ecoava as vaias no PV.                         

                              Já no segundo tempo o Fortaleza voltou para atacar, porém os erros não mudaram o tricolor tentou, contudo as chances eram despertiçadas pelo setor ofensivo. E lá atrás a zaga mostrava suas falhas, em uma tringualação pela esquerda Ronaldinho cruzou para Gaúcho empurrar para as redes marcando o segundo gol do gavião da serra.

                             Dessa forma o PV quase veio abaixo, a pouca torcida que esteve presente, usou cânticos contra os jogadores. Aos 18 minutos tudo começou a mudar, escanteio cobrado o zagueiro Leonador Luiz diminui o marcador. O Fortaleza tentou atacar nas bolas alçadas na área, por volta dos 30 minutos já eram 18 levantamentos do tricolor.

                             Na bola parada de novo, agora em falta próxima da área o volante Pio soltou o pé na moça branca, uma cobrança com muita força que passou pela barreira o goleiro nem viu a branquinha balançar as redes para empatar o jogo. O Fortaleza continuou a tentar nas bolas por cima, Hudson e Moacir perderam suas chances.

                             Até que aos 41 minutos após bate e rebate a zaga do Maranguape afastou mal, a bola sobrou na entrada da área para Jean Mota que dominou e chutou com categoria ainda deve um leve desviou que matou o goleiro, dessa forma o Fortaleza virou o jogo. Após o gol o Fortaleza egurou a passe de bola para garantir os três pontos.

                             Já quarta feira o pensamento será outro, o leão muda o foco e volta suas atenções para a Copa do Nordeste, o tricolor irá jogar contra o Botafogo- PB lá em João Pessoa buscando a reabilitação na competição regional. 

 

Ficha técnica

Maranguape 2 x 3 Fortaleza

Local: estádio Presidente Vargas

Data: 28/02/2016

Árbitro: Edson Galvão

Gols: MGP – Niel e Gaúcho ; FOR – Leonardo Luiz, Pio e Jean Mota

Cartões amarelos: MGP – Anderson Paãn ; FOR – Juliano, Max Oliveira, Juninho, Pio

MARANGUAPE: Théo, Emerson, Júnior Alves, Erilson, Janeílton, Anderson Paãn, Albano, Gaúcho, Ronaldinho (Diego Serra), Niel (Adílson) e Nilsinho. Técnico: Reginaldo França

FORTALEZA: Erivelton; Moacir, Leonardo Luiz, Max Oliveira e Jean Mota; Guto, Juliano (Hudson), Pio e Elias (Willian Simões); Núbio Flávio (Juninho) e Anselmo. Técnico: Flávio Araújo

 

                                  Nesse sábado (20/02) no estádio Presidente Vargas Fortaleza e Uniclinic jogaram pela 9° rodada do estadual de 2016. Ambas as equipes já estava classificadas para a segunda fase. O Uniclinic busca fazer o máximo de pontos para conquistar a vaga na série D, já o Fortaleza poupou os titulares visando a Copa do Nordeste.

                                 A águia venceu o leão e quebrou a invecibilidade tricolor na competição, o Uniclinic foi melhor em maior parte da partida, já o Fortaleza mostrou-se muito despreparado, errando muito, principalmente no setor defensivo. Dessa forma a águia abriu o placar, após o atcante Preto receber a bola sozinho na intermediária carrega e chutar em gol, a bola explodiu no trvessão e sobrou para Jeorge livre e solto balançar as redes tricolor.

                                Para piorar a situação do Fortaleza o lateral Bruno, que estava atuando no meio campo foi expulso, o Uniclinic tomou de conta da partida, o leão sem criatividade ficou difícil igualar o marcador. Um dos destaques possitivos o voltante Felipe fez o inesperado, o jogador saiu driblando, fintou dois marcadores e tocou para o lado, no qual o atacante Hudson só teve o trabalho de empurrar para as redes.

                               Com o placar igual e com um homem a menos em campo o Fortaleza esperou o Uniclinic, a águia foi para o ataque, e logo aos 8 minutos conseguiu o que queria, em uma saída errada de Edimar, Rael atacante do Uniclinic roubou a bola e bateu colocado tirando do alcance de Berna para fazer o segundo gol da águia.

                               O Fortaleza sem criativda, buscou levantar bolas na área adversária, dessa forma o jogo foi se arrastando para o seu final, até que aos 31 minutos Victor foi expulso, o jogador do Uniclinic fez falta besta no meio campo. O leão cresceu e perdeu algumas chances, um com Núbio Flávio e Max e duas com Hudson, o bom goleiro Alex evitou o empate. Dessa forma o Uniclinic chegou aos 15 pontos, já o Fortaleza manteve os 16 pontos.

                              O leão já muda o pensamento, na próxima terça (23/02) joga no Castelão ás 21:30 pela 3° rodada da Copa do Nordeste contra o Botafogo-PB. O tricolor tenta reabilitação na competição após a derrota contra o Sport na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA:

Fortaleza 1 x 2 Uniclinic | Campeonato Cearense

Estádio: Presidente Vargas

Horário: 16h

Árbitro: Glauco Feitosa
Assistentes: Arnaldo Souza e Marco Aurélio

Gols: Jeorge (7’/1ºT), Hudson (42’/1ºT)

Cartões amarelos: Bruno Melo (20’/1ºT) e (24’/1ºT) – Alex (29’/1ºT) – Leanderson (33’/1ºT) Enercino (11’/2ºT), Nonato (34’/2ºT), André Lima (36’/2ºT), Victor
Cartões vermelhos: Bruno Melo (24’/1ºT), Douglas (31’/2ºT)

FORTALEZA: Ricardo Berna, Valdir, Edimar (Augusto), Max Oliveira e Wilian Simões (Lima), Guto, Felipe, Bruno, Mateus (Nonato), Hudson e Núbio Flávio. Técnico: Flávio Araújo

UNICLINIC: Alex; Douglas, Andre Lima, Victor e Guto; GUidio, Leanderson, Preto e Enercino; Diogo (Rael) e Jeorge – Técnico Maurílio Silva

                                 

                      Em jogo válido pela segunda rodada da Copa do Nordeste Sport e Fortaleza fizeram o confrontos dos lideres da chave D. O leão da Ilha buscava consolida sua afirmação na temporada, já o do Pici buscava medir suas forças com uma grande equipe do cenario brasileiro. Ambos venceram a primeira partida da competição, o tricolor era líder do grupo pelo saldo.

                     O Sport usou bem seu arma principal, as bolas açadas na área, com gols de Rithely e Túlio de Melo o leão da Ilha arrancou os três pontos e assumiu a liderança isolado do grupo D da copa do Nordeste. Com a derrota o Fortaleza agora é o segundo colocado da chave, por que saldo melhor que o Ríver - PI.

                   O jogo foi marcado por momentos distintos entres os dois tempo de partida, na primeira etapa o leão da Ilha foi melhor, fez os dois gols em cruzamentos, o primeiro após cobrança de escanteio, no qual o volante Rithely aproveitou. O segundo um cruzamento da direita para Túlio de Melo subir mais que toda defesa do Fortaleza para ampliar o placar.

                   A segunda etapa, o treinador Flávio Araujo voltou com Elias, o camisa 10 tricolor deu outro ritmo na partida, o Fortaleza creceu no jogo, Anselmo teve duas chances, Jean Mota também perdeu a sua. O Sport tentou novamente algumas jogadas áreas mas não deu certo. Em um determiando momento, Elias deu um passe açucarado para Anselmo que chutou em cima do goleiro. 

                   Após a entrada de Pio o tricolor mandou no jogo, o Fortaleza colocou pressão no Sport, o volante acertou um chute no travessão. Em outro lance Eduardo também fez o travessão balançar. Dessa forma o placar ficou Sport 2x0 Fortaleza, o leão da Ilha continua sem perder para o tricolor em Recife. Agora o tricolor volta suas forças para o jogo contra o Uniclinic sabádo no PV ás 16:00

Sport (4-3-2-1)

Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Durval, Matheus Ferraz, Renê; Serginho, Rithely e Luiz Antônio;Everton Felipe (Neto Moura) e Lenis (Johnathan Goiano); Túlio de Melo (Fabio)

Técnico: Falcão

Fortaleza (4-4-2)

Erivelton; Moacir, Leonardo Luiz, Lima e Jean Mota; Corrêa, Dudu Cearense (Elias), Juliano (Pio) e Everton (Núbio Flávio); Eduardo e Anselmo

Técnico: Flávio Araújo

Gols: 39min/1T - Durval cruza bola na área do Fortaleza e Rithely tem liberdade para cabecear. 46min/1T - Novamente em jogada aérea, Túlio de Melo cabeceia com perfeição para as redes.

Local: Ilha do Retiro, em Recife-PE
Data: 17/2/2016
Horário: 21h30min (horário local)
Árbitro: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira (RN)
Assistentes: Rondinelle dos Santos Tavares (AL) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)
Cartões amarelos: Samuel Xavier (S), Túlio de Melo (S), Leonardo Luiz (F), Elias (F), Pio (F)

Página 1 de 2