Ceará SC e Santa Cruz estavam em posições distintas quando pisaram no gramado da Arena Pernambuco, mas o objetivo das duas equipes era o mesmo: sair com os três pontos ao fim da partida.
E demonstraram isso ao trilar do apito do árbitro Antônio Neuriclaudio Costa.

O Santa Cruz, que precisava da vitória para encostar no G-4, começou a primeira etapa á mil por hora. Os minutos iniciais foram de muita pressão. A equipe pernambucana investia muito no ataque, principalmente nas jogadas pelas laterais e nas bolas alçadas na área. Jogadas estas, confeccionadas pelos atletas corais Lelê e Nathan que levaram bastante perigo á meta alvinegra e exigiram boas defesas do goleiro Luís Carlos.

Somente na metade do primeiro tempo, o Vovô conseguiu criar sua primeira chance real de gol.
Ricardinho arriscou chute de longe e Tiago Cardoso salvou o Santa Cruz com uma bela defesa. O revide Coral veio na sequência, quando Lelê invadiu a área, mas foi travado na hora do chute, o que facilitou a defesa do arqueiro alvinegro.

O Alvinegro de Porangabuçu, só criaria mais uma chance de gol, aos 35 minutos, com Wesley que na hora do arremate, acabou isolando. O Santa Cruz ainda teve a última chance de abrir o placar no finalzinho do primeiro tempo. Daniel Costa cobrou falta e viu a bola passar à direita da meta do Ceará SC, ruma a linha de fundo.

No segundo tempo, o Santa Cruz voltou com o mesmo ímpeto do início da partida e não demorou para levar perigo ao Vovô em jogadas criadas pelos jogadores Lelê e Grafite que obrigaram, mais uma vez, que o goleiro Luís Carlos fizesse mais uma grande defesa no jogo.

Aos oito minutos, o meia Lelê, em posição irregular, recebeu cruzamento em velocidade, se enrroscou com o lateral Tiago Cametá dentro da área, foi ao solo e o árbitro marcou pênalti. Penalidade que o atacante Grafite bateu, deslocando Luís Carlos e acertando o lado direito das traves para abrir o placar.

O Santinha pressionava, quando aos 19 minutos veio o empate do Vovô. Ricardinho, em uma triangulação com Wescley, recebeu belo passe na entrada da área e chutou, obrigando Tiago Cardoso a fazer bela defesa. A bola saiu pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Guilherme Andrade, alçou a bola na área coral. A defesa rechaçou a bola que sobrou nos pés de Ricardinho acertou uma pancada de fora da área, houve um desvio do zagueiro Diego Sacoman e a bola foi morrer mansa nas redes tricolores, igualando o placar.

Com o gol, a partida ficou bastante aberta. O atacante Mazola chegou a marcar o gol da virada alvinegra, mas o juiz anotou impedimento na jogada. O Ceará SC continuou pressionando o Santa Cruz e obrigando Thiago Cardoso trabalhar muito. A partida se encaminhava para os minutos finais, quando o Santa Cruz conseguiu o gol da vitória. Aos 44 minutos, Vitor recebeu cruzamento na área e cabeceou para ratificar a vitória do time da casa.

Santa Cruz FC 2 X 1 Ceará SC.

Com o resultado, o Santa Cruz somou 44 pontos, foi para a quinta colocação e está a dois pontos do G4.
O Ceará continua com 25 pontos e segue na zona de rebaixamento na 17ª colocação.
Na próxima rodada, o Ceará SC recebe a equipe do Oeste e o Santa Cruz vai ao Maranhão enfrentar o Sampaio Corrêa, seu concorrente direto ao acesso á Série A.

FICHA TÉCNICA:

SANTA CRUZ FC 2 X 1 CEARÁ SC
ÁRBITRO: Antônio Neuriclaudio Costa (AC).
ASSISTENTES: Cleriston Clay Barreto Rios e Jean Carlos Rodrigues da Silva.
CARTÕES AMARELOS: Vitor (Santa Cruz); Tiago Cametá, Sandro, Baraka e Carlão (Ceará).
RENDA: R$ 286.940,00.
PÚBLICO: 14.558 total.
LOCAL: Arena Pernambuco, em Recife (PE).
GOLS: Grafite, aos 9, Ricardinho, aos 22, e Vitor, aos 44 minutos do segundo tempo.

SANTA CRUZ FC
Tiago Cardoso; Vitor, Danny Morais, Diego Sacoman e Allan Vieira; Wellington Cezar, João Paulo (Bruno Morais), Daniel Costa (Vinícius Reche) e Nathan (Diego Campos); Lelê e Grafite.
Técnico: Marcelo Martelotte.

CEARÁ SC
Luís Carlos; Tiago Cametá (Júlio César), Sandro, Charles e Victor Luís; Carlão (Baraka), Guilherme Andrade, Ricardinho (Ricardo Conceição) e Mazola; Rafael Costa e Wescley.
Técnico: Marcelo Cabo.

Publicado em Série B