Sexta, 25 Novembro 2016 08:55

Feminino cearense - Menina Olímpica e campeã cearense 2016 Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Quinta feira 24 de Novembro, Estádio Presidente Vargas, sem publico, sem glamour, porem, com muita garra, muita força de vontade e amor, os que fazem o futebol feminino cearense estavam lá no ponto de plantão, prestigiando as meninas que apresentaram um futebol de gente grande.

“Eveliny Almeida”

Aparentemente tranquila, a especial homenageada da noite “Eveliny Almeida” que emprestou seu nome as duas taças que estavam em jogo, a da equipe campeã e a da de vice, era a imagem viva da mulher vencedora  , daquela que brilhou em um mundo diferente e estritamente fechado ao gênero masculino.  Parabéns “Eveliny ” . Parabéns FCF, pela homenagem mais que justa.

O JOGO

Então vamos ao jogo, em campo, Menina Olímpica e Fortaleza as duas equipes fazendo seu quarto encontro neste certame, que teve duas vitórias das “Meninas” 1x0 e 3x1 uma das

“Leoninas” 3x1 nos penais após um empate em 1x1 no tempo normal.   Porem este era a decisão do certame Luciano Martins pelo time das “Meninas” e Élcio Luís pelas tricolores colocaram em campo suas forças máximas. As

meninas tricolores começaram abafando as “Meninas” que sentiram a pressão tricolor, mas aos poucos foram conseguindo equilibrar o jogo, mas, o Fortaleza era melhor inclusive taticamente dominando a meia cancha tendo maior posse de bola e com passe e

movimentações precisas. Porem futebol só é apaixonante por causa de suas surpreendentes nuances. Apesar da melhor atuação do Fortaleza no ultimo minuto do primeiro tempo em uma cobrança de falta magistral da intermediaria Jullyana Morais no primeiro chute a gol do time

das “Meninas” manda um petardo em direção ao gol de Gildene e abre o placar.  Com o placar assinalando 1x0 para o time das “Meninas Olímpicas” termina a primeira etapa da grande final.

SEGUNDO TEMPO

Jullyana Morais

De volta a campo o Fortaleza parte em busca do gol de empate e quem sabe da virada depois de muita luta Kakau empata 1x1 a decisão continuava eletrizante o Fortaleza em cima as “Meninas” se defendendo. Então nova falta novamente da intermediaria da mesma distancia do primeiro gol das “Meninas”  na cobrança novamente

Jullyana Morais , suspense no PV a zagueira  toma distancia e manda a bomba , pra variar a atacante “ultra super. experiente Rayanne “ de cabeça desvia a trajetória da bola que certamente já tinha endereço certo e marca o segundo gol das “Meninas”  2x1  o placar mudava e outra vez o Fortaleza atrás . As meninas tricolores partem

novamente em busca de um resultado melhor as “Meninas” passam a administrar o resultado parcial segurando a bola o mais que puderem o time tricolor e valente, mas não consegue furara o bloqueio das “Meninas” o tempo passa o desespero aumenta e finalmente aos 38 a dois minutos do final nova falta contra o tricolor.

Quem vai para a cobrança?  Resposta. Jullyana Morais novamente e ai da mesma distancia, da mesma forma, a mesma cobradora, infelizmente para o time tricolor o mesmo resultado. Gol 3x1 “Menina Olímpica”.  Três faltas, três arremates a

gol, três gols e o titulo foi para o time do “Chagas Ferreira” o “faz tudo” deste time “Menina Olímpica”, de presidente a massagista. Parabéns “Chagas Ferreira” parabéns a todos que fazem o “Menina Olímpica”. Parabéns também o

Fortaleza que perdeu, mas perdeu de pé buscando a cada minuto a vitória, mas a noite não era tricolor era “Olímpica” era das “Menina Olímpica“.

RONALDO DÉBER

Lido 122 vezes Última modificação em Sexta, 25 Novembro 2016 08:59
Banner Sky