Quinta, 16 Fevereiro 2017 11:51

Copa de Horrores Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Treinadores não agradam os grandes da capital Treinadores não agradam os grandes da capital

A quarta-feira de Copa do Brasil não foi das melhores para os representantes cearenses. Ceará, Fortaleza, Uniclinic e Guarani-J entraram em campo pela competição e apenas o time de Juazeiro do Norte avançou de fase. 

A primeira eliminação ficou por conta do Ceará que perdeu para o Boa Vista pelo placar de 1 a 0, gol de Marcelo Nicácio de pênalti em Saquarema-Rj. A jogada aconteceu após cobrança de escanteio, em que o árbitro da partida viu toque de mão do zagueiro Sandro e assinalou a penaldiade. A equipe desembarcou sob protestos da torcida e o clima no aeroporto não foi nada agradável. A atitude da diretoria alvinegra foi a demissão do treinador Gilmar dal Pozzo no comando técnico da equipe.

A segunda eliminação veio mais tarde, ás 20h30, o Fortaleza perdeu para o São Raimundo de virada em Santarém-Pa. A equipe saiu na frente com gol de Heitor, mas os donos da casa viraram a partida com dois gols de Tiago. A derrota custou caro ao treinador Hemerson Maria que foi desligado do cargo após a eliminação do tricolor pela Copa do Brasil. 

A terceira eliminação veio com o Uniclinic no estádio Domingão em Horizonte, ás 20h30. A Águia da Precabura foi derrotada pela Portuguesa pelo placar de 2 a 1. Foi a segunda partida do treinador Roberto Carlos a frente do Uniclinic e a segunda derrota da equipe. 

O salvador da pátria surgiu na terra do padre Cícero. O Guarani-J venceu por 1 a 0, o Náutico com gol de Ítalo e segue na competição. Agora o Leão do Mercado enfrenta o Sampaio Corrêa na segunda rodada da Copa do Brasil. 

Lido 112 vezes Última modificação em Quinta, 16 Fevereiro 2017 12:23
Sol Ponte Motel