Sábado, 25 Fevereiro 2017 20:59

Tiradentes vence o Fortaleza, derruba tabu e se classifica Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(60 votos)
Tiradentes encerrou tabu de 21 anos sem vencer o Fortaleza Tiradentes encerrou tabu de 21 anos sem vencer o Fortaleza Foto: José Leomar

Na tarde deste sábado de carnaval (25), na Arena Castelão, Tiradentes e Fortaleza se enfrentaram com objetivos opostos na competição. Enquanto o Tricolor procurava ainda ter chances de terminar a primeira fase na liderança, o Tigre da PM visava escapar definitivamente do rebaixamento, garantir classificação para as quartas de final do Campeonato Cearense e, por fim, encerrar o jejum de 21 anos sem vitórias diante do Fortaleza. A partida também marcava a estreia de Marquinhos Santos na competição estadual desde a sua volta. O treinador, que havia estreado diante do Moto Club, pela Copa do Nordeste, promoveu os retornos de Felipe e Vacaria à equipe titular. Foram sacados da formação inicial Gabriel Pereira e William Schuster. Pelo lado do Tiradentes, o treinador Danilo Augusto não poderia contar com o zagueiro Maceió. Henrique foi escolhido para substituí-lo.   

O JOGO

Início de partida se deu em ritmo lento. As ações ofensivas do Fortaleza se concentravam pelo lado direito; ora com Felipe, ora com Pablo. Aos 13´, até Gastón Filgueira apareceu pela direita e cruzou na cabeça de Ligger. O zagueiro não precisou sair do chão para obrigar Jhones a realizar a primeira grande defesa da tarde. Um minuto depois, foi a vez de Marcelo Boeck salvar o Leão. Diego foi avançando sem ser incomodado e soltou o pé. Aos 19´, Felipe tabelou com Zé Carlos e finalizou por cima. Em uma rara investida pela esquerda, Gastón cruzou rasteiro para Lúcio Flávio, mas Danilo deu um toquinho suficiente para evitar que a bola chegasse aos pés do atacante leonino. Até o final do primeiro tempo, o Fortaleza desperdiçaria boas oportunidades, sobretudo com Zé Carlos, que não foi o "Zé do Gol" nesta jornada.  

Aí veio o lance que pegaria a todos de surpresa: Em bola longa, Vacaria tentou cortar e acabou entrando na folia com Itaitinga. O atacante agradeceu o presente, progrediu com a bola dominada e resolveu tocar para um companheiro melhor colocado; porém, a bola bateu em Ligger e voltou para ele finalizar com Marcelo Boeck completamente vendido no lance. O Fortaleza, com esse gol sofrido, já deixaria de ser a melhor defesa da competição ao lado do Ceará. O Tricolor de Aço ainda chegaria em jogadas individuais de Pablo (pela direita) e Leandro Lima (pela esquerda), mas sem obter sucesso na hora de estufar as redes de Jhones. 

Veio o segundo tempo e, com ele, a saída de Vacaria para a entrada de Gabriel Pereira. Logo no minuto inicial, o árbitro deu cartão amarelo para Lúcio Flávio por tentar ludibriar a arbitragem e cavar pênalti. Aos 11´, mais uma vez, a defesa do Fortaleza entrou na folia com Itaitinga. Em bola vinda da esquerda, Gastón Filgueira tentou tirar de cabeça, acabou furando e sobrou limpa para Itaitinga finalizar de canhota no cantinho de Boeck. A bola ainda beijou a trave antes de entrar. O Tigre da PM estava pondo fim a um tabu que durava desde 1996.  

Diante do quadro adverso, o técnico Marquinhos Santos resolveu mexer na equipe e colocar o time todo pra frente. Wesley e Vinícius Baiano entram nos lugares de Felipe e Leandro Lima, respectivamente. O Fortaleza criou algumas chances, mas foi Itaitinga quem novamente levou dor de cabeça ao Tricolor de Aço. Já nos minutos finais, o atacante do Tigre da PM driblou Ligger, tocou a bola para Alan, que fintou o goleiro Boeck e rolou a pelota para as redes. Porém, Heitor estava bem colocado para evitar - em cima da linha - o terceiro gol.

O árbitro sinalizou 7 minutos de acréscimos. Ainda daria tempo para Itaitinga, pra variar, colocar entre as pernas de Heitor e fuzilar para boa defesa de Marcelo Boeck.

Fim de jogo e tabu findado. Enquanto o carnaval será de gosto amargo para o Tricolor do Pici, o Tiradentes afastou qualquer possibilidade de rebaixamento e selou classificação para a próxima fase. 

PRÓXIMOS JOGOS:

O Fortaleza, agora sem chances de alcançar a primeira colocação, enfrentará o rebaixado Itapipoca na última rodada. O Leão visa garantir o segundo lugar. A partida ocorrerá na Arena Castelão, dia 04/03, às 19h30. O Tiradentes, por sua vez, já com a classificação para as quartas assegurada, vai até o Junco medir forças com o desesperado Guarany de Sobral, dia 05/03, às 16h.

FICHA TÉCNICA

Tiradentes 2 x 0 Fortaleza

Local: Arena Castelão

Data: 25/02/2017

Horário: 16h30

TIRADENTES: Jhones; Eduardo, Henrique, Kelvin, Danilo (Lucas Neres); Michel, Diego, Nanin, Alan; Wilkson (André Fael) (Ernesto) e Itaitinga

Técnico: Danilo Augusto

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Felipe (Wesley), Heitor, Ligger, Gastón Filgueira; Vacaria (Gabriel Pereira), Pablo, Jefferson, Leandro Lima (Vinícius Baiano); Lúcio Flávio e Zé Carlos

Técnico: Marquinhos Santos

CARTÕES AMARELOS: Zé Carlos (FEC), Lúcio Flávio (FEC); Danilo (TIR), Nanin (TIR)

GOLS: Itaitinga (2x)

Árbitro: Glauco Feitosa (CBF)

Assistente 1: Nailton Oliveira (CBF)

Assistente 2: Franco Weber (FCF)

4º árbitro: Renato Pinheiro (FCF)

Público pagante: 1.586

Público total: 1.762

Renda: R$ 5.492

Lido 349 vezes Última modificação em Segunda, 27 Fevereiro 2017 20:01
Sol Ponte Motel