Mais uma vez o Fortaleza não pode treinar no estádio Alcides Santos por conta da chuva. Desta vez, o local escolhido para o treinamento foi o complexo esportivo Arena Chanpions, no bairro da Parangaba. Marquinhos Santos observou os trabalhos físicos, e em seguida, liberou os jogadores para disputarem um rachão, todos contra todos, misturando titulares e reservas.

O técnico leonino ainda não tem a equipe definida, ou pelo menos, se tem, não a divulgou para a imprensa. Disse que vai esperar pelo treinamento de amanhã que deve acontecer no estádio Alcides Santos para ter a definição. Perguntado se Lúcio Flávio seria dúvida, ou pelo fato de não ter treinado com os companheiros nos últimos dias, Marquinhos disse que Lúcio vinha realizando trabalhos específicos e que pode sim estar no ataque ao lado de Zé Carlos para o jogo contra o Tiradentes. Estará em campo no treinamento de amanhã.

Dos últimos 4 reforços que foram contratados (Everton, Renatinho, Rodrigo Mancha a Ronny), o treinador disse que pretende sim levá-los para a partida, mesmo que não tenham as condições necessárias para atuar, inserindo-os em ambiente de jogo, seja no vestiário, seja no clima da decisão e dentro de um limite que lhe for passado pela fisiologia, caso necessário, pode colocar algum dos 4 no jogo. Renatinho e Everton foram os únicos que chegaram a realizar uma pré-temporada. Assim sendo, os dois podem iniciar a partida, mas o mais provável é que Everton inicie o jogo entre os titulares.

 

Anderson Azevedo

Publicado em Futebol Cearense

Em um jogo elétrico, principalmente o segundo tempo, Fortaleza e Guarany de Sobral empataram em 4 a 4 neste domingo (24), mas o resultado acabou favorecendo o Leão do Pici, que avança à final do Campeonato Cearense. No primeiro tempo, o Fortaleza foi superior, mas o placar marcava 1 a 1 antes do intervalo.

 

A chuva de gols veio no segundo tempo. Tininho marcou três (dois deles de pênalti) e deu uma assistência para Aderlândio fazer, de cabeça, pelo Guarany de Sobral. Pelo Leão do Pici, marcaram Éverton, Anselmo, Jean Mota e Daniel Sobralense. O adversário da final será o Uniclinic. O primeiro jogo da decisão do Campeonato Cearense será no dia 1° de maio. O GloboEsporte.com acompanha todos os detalhes da decisão meia hora antes de a bola rolar.

 

A proposta do Fortaleza era clara. Começar o jogo a mil para garantir a classificação o mais rápido possível. E assim o fez. Pressionou, teve maior posse de bola, buscou mais o ataque. Mas não conseguiu ser eficiente. Quem balançou primeiro as redes foi o Guarany de Sobral, com Tininho, em um belo chute no canto esquerdo de Ricardo Berna. Atrás no placar, o Leão do Pici voltou a atacar ferozmente o gol adversário. Até quem conseguiu um pênalti, após cobrança de escanteio. Artilheiro, Anselmo não desperdiçou e deixou tudo igual. Não fosse a falta de pontaria do Leão, a vantagem antes do intervalo poderia ter sido bem maior.

 

Não perca as contas Quando a bola rolou, o Fortaleza precisou de menos de um minuto para virar o jogo. Após o chute cruzado de ÉVerton, André Zuba espalmou e a bola sobrou nos pés de Daniel Sobralense, que fez o segundo do Leão. Mas não parou por aí. De pênalti, Tininho deixou tudo igual. Dois minutos depois, Éverton recolocou o Fortaleza na frente. Mas em outro pênalti, com direito a expulsão de Berna, Tininho marcou o terceiro dele e o terceiro do Leão. Aderlândio, de cabeça, colocou o Guarasol à frente, dando esperanças ao torcedor. Mas Jean Mota deixou tudo igual de novo. 4 a 4. Fortaleza finalista do Cearense.

 

Fonte: Ronaldo Déber

Publicado em Futebol Cearense

Após a vitória sobre o Icasa, que deu a permanência ao tricolor de aço, na Série 'C' do brasileiro, o elenco leonino voltou a trabalhar na tarde desta segunda-feira, no pici, quando ocorreu a reapresentação dos atletas do Fortaleza Esporte Clube. O time volta a atuar na competição no próximo sábado, às 16 horas, no estádio Serra Dourada. No ensaio da tarde o treinador tricolor não pôde contar, mais uma vez, com o lateral direito Tinga, que continua entregue ao departamento médico. O atleta só volta ao time tricolor na próxima semana. O goleiro Ricardo Berna deu voltas em trono do gramado e também ficará de fora do próximo compromisso. O meia Daniel Sobralense fez uma corrida em torno do gramado, com cansaço muscular, mais deve treinar, normalmente, nesta terça-feira. O time que treinou, sem o volante Correa, que estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo: Erivelton; Auremir, Lima, Adalberto e Thalyson; Vinicius, Dudu Cearense, Pio e Elias; Lúcio Maranhão e Maranhão. O grupo volta aos trabalhos nesta terça-feira em dois períodos e na quarta-feira pela manhã. A delegação segue na quinta-feira, pela manhã, realizando dois treinos na cidade de Goiânia. Everaldo Baima

Publicado em Série C

Aconteceu na tarde desta quinta-feira,30, no auditório da Federação Cearense de Futebol-FCF a sessão do Pleno do TJDF-CE que julgou os recursos do Fortaleza EC, Ceará SC e FCF. Em primeira instância, os dois times e federação foram multados em R$ 15mil, R$ 10mil e R 10mil respectivamente, além de perdas de mando de campo de oito e sete jogos.

O resultado do julgamento só foi satisfatório para a FCF que foi absolvida. Os dois times ficaram surpresos e indignados com a nova sentença, bem pior que a conferida no primeiro julgamento. O time tricolor teve pena majorada para R$ 95mil e perda de mando de campo de dezenove jogos. O time alvinegro também teve pena majorada para R$ 70mil e perda de mando de campo de 14 jogos.

O estrago poderia ser pior, sobretudo para o Fortaleza, pois o relator do processo, Dr. Eduardo Mazargão, primeiro a votar foi incisivo na sua sustentação e trouxe como argumentação o fato ocorrido com o Coritiba/PR que certa vez foi punido em R$ 100mil e perda de 10 mandos de campo e nunca mais se ouviu falar em fato com o time paranaense. Mazargão também relatou o fato de nenhum dos denunciados não terem prestado um B.O em momento algum, mesmo com tantos indícios ocorridos.

O seu voto foi para punir o Fortaleza em R$ 105mil e perda de 23 mandos de campo, contra R$ 65mil e 15 jogos para o Ceará. O voto mais brando dos sete proferidos foi o do Dr. Antonio Rodrigues que votou em punir os dois times da mesma maneira, com multa pecuniária de R$ 5mil e perda de mando de campo de três jogos. Rodrigues ainda manifestou o desejo de mudança no CBJD. “Eu voto de forma divergente porque entendo que o Código é anacrônico, é atrasado e que foi feito em 2003.

O legislador na época foi muito romântico, ele acha que o torcedor, o vândalo vai se preocupar com as finanças do clube por isso não invadia o campo e isso tá provado que não funciona” explicou o auditor. Dr. Antonio Rodrigues ainda relatou outro argumento na argumentação do voto e reclamando do CBJD. “Eles criaram esse Código pensando em acabar com a violência, mas a violência só aumentou. O que se percebe é a ausência do poder público, a ausência do poder de polícia. Essa punição de dez, quinze jogos não serve de nada”.

Concluiu Antonio Rodrigues. Cabe aos times punidos, Ceará e Fortaleza, entrarem com recurso em terceira instância, no Pleno do STJD, no Rio de Janeiro. As perdas de mandos de campo deverão ser cumpridas em competições organizadas somente pela Federação Cearense de Futebol e em estádios com portões fechados.

Publicado em Futebol Cearense

O Fortaleza está pronto para enfrentar o Icasa, neste sábado, às 16 horas, no estádio Castelão, pela décima rodada da Série ´C´ do Campeonato Brasileiro. O time encerrou os trabalhos, na manhã desta sexta-feira, no estádio Alcides Santos, com um treino recreativo, seguido de um trabalho de cobranças de faltas e penalidades.

Em seguida o grupo iniciou o período de concentração nos alojamentos do clube leonino. O Lateral direito Tinga foi a única ausência dos trabalhos desta sexta-feira. O atleta, que ficou de fora dos últimos ensaios, sente a parte posterior de coxa direita, sendo dúvida para o compromisso deste sábado, no Castelão.

O jogador passou por exames de imagem, estar relacionado, porém deverá ser cortado. O time que inicia a partida contra o Verdão deverá ser: Erivelton; Auremir, Lima, Adalberto e Thalison; Correa, Vinícius, Pio e Daniel Sobralense; Lúcio Maranhão e Maranhã. A novidade na lista dos relacionados é a presença do recém contratado, atacante Ricardo Jesus, que deverá ser utilizado no decorrer da partida contra o Icasa. Além do time titular ainda foram relacionados os atletas: Max (G), Genilson (Z), Max Oliveira (G), Radar (LE), Dudu Cearense (V), Felipe (V), Everton (M), Elias (M), Tiago Azulão (M), Laertes (M), Ricardo Jesus (A) e Tinga (LD), que deverá ser cortado.

Os ingressos para a partida deste sábado estão à disposição do torcedor tricolor nas Lojas Tricolaço da Avenida Bezerra de Menezes, Shopping Lisbonense e Shopping Aldeota.

Publicado em Série C