Mais uma vez o Fortaleza não pode treinar no estádio Alcides Santos por conta da chuva. Desta vez, o local escolhido para o treinamento foi o complexo esportivo Arena Chanpions, no bairro da Parangaba. Marquinhos Santos observou os trabalhos físicos, e em seguida, liberou os jogadores para disputarem um rachão, todos contra todos, misturando titulares e reservas.

O técnico leonino ainda não tem a equipe definida, ou pelo menos, se tem, não a divulgou para a imprensa. Disse que vai esperar pelo treinamento de amanhã que deve acontecer no estádio Alcides Santos para ter a definição. Perguntado se Lúcio Flávio seria dúvida, ou pelo fato de não ter treinado com os companheiros nos últimos dias, Marquinhos disse que Lúcio vinha realizando trabalhos específicos e que pode sim estar no ataque ao lado de Zé Carlos para o jogo contra o Tiradentes. Estará em campo no treinamento de amanhã.

Dos últimos 4 reforços que foram contratados (Everton, Renatinho, Rodrigo Mancha a Ronny), o treinador disse que pretende sim levá-los para a partida, mesmo que não tenham as condições necessárias para atuar, inserindo-os em ambiente de jogo, seja no vestiário, seja no clima da decisão e dentro de um limite que lhe for passado pela fisiologia, caso necessário, pode colocar algum dos 4 no jogo. Renatinho e Everton foram os únicos que chegaram a realizar uma pré-temporada. Assim sendo, os dois podem iniciar a partida, mas o mais provável é que Everton inicie o jogo entre os titulares.

 

Anderson Azevedo

Publicado em Futebol Cearense

Nesta quinta-feira o Fortaleza voltou a treinar no campo da Marinha brasileira, em Fortaleza. Devido às chuvas que tem sido constantes nos últimos dias, na capital cearense, o gramado do estádio Alcides Santos não reúne as condições necessárias para a prática dos trabalhos que são feitos pelo técnico Marquinhos Santos. 

Na prática de hoje Marquinhos Santos comandou um treino técnico tático com jogadas iniciadas nas laterais, seguidas de passes e cruzamentos, com finalização ao gol. O treinador ainda deu ênfase a recomposição dos atletas após as finalizações, treinando assim a marcação, evitando o contra-ataque ou a reposição de bola da equipe adversária. O Atacante Lúcio Flávio não treinou, poupado, por conta de um desconforto muscular na coxa direita.

Everton mais uma vez treinou entre os titulares. Com o lateral Felipe suspenso após ser expulso no último jogo contra o Tiradentes, Marquinhos, deve promover duas alterações na equipe considerada titular: Jefferson deve jogar na lateral direita e o zagueiro Heitor deve retornar a zaga no lugar de Del´amore. O provável time para enfrentar o Tiradentes, neste domingo, deve ser: Marcelo Boeck; Jefferson, Heitor, Max Oliveira e Bruno Melo; Anderson Uchôa, Pablo, Wesley e Everton; Lúcio Flávio e Zé Carlos.

 

Anderson Azevedo

Publicado em Futebol Cearense
Segunda, 20 Fevereiro 2017 12:37

Fortaleza vence e consegue classificação

O momento não era o melhor, o clube que na quarta feira foi derrotado pelo São Raimundo de Santarém na Copa do Brasil, teria que vencer o Uniclinic com o comando do Daniel Frasson, que dirigiu o time interinamente, após queda de Hemerson Maria no cargo. O trabalho não era dos mais simples, pegava o Uniclinic, vice campeão cearense em 2016 busca ainda se encontrar na temporada. Ambos precisando da vitória, melhor para o tricolor que saiu com os três pontos e garantido na segunda fase

O jogo começou sem grandes lances, enquanto o Fortaleza buscava o gol, mas sem criar perigo ao gol de Dionantan, a águia da precabura e defendia com uma linha de 5 na defesa e procurava contra atacar nas costas do sistema defensivo tricolor. Daí nasceu a principal lance no primeiro tempo no jogo. Netinho aproveitando bola espirrada na lateral, recebeu sozinho e chutou a queima roupa para a defesa de Boeck, este no minuto seguinte voltaria a trabalhar em novo chute do Netinho dessa vez colocado após tabela com Jerson.

O primeiro tempo que resumia em uma posse de bola ineficaz do tricolor, acabaria com o Uniclinic melhor nos minutos finais. Tal situação revoltou mais ainda a torcida que vaiou os jogadores após o término da etapa. No segundo tempo, a situação melhorou, através da bola parada, Schuster aos 6 e Vinicius Baiano aos 22, pararia na trave, mas o que viria a mudar o jogo seria a entrada de dois jogadores no minuto 15 da partida.

Os jovens Gabriel e Wesley entraram na partida nos lugares de Schuster e Juninho Potiguar, e deram uma nova dinâmica ao jogo, aproveitando-se de um cansaço mais aparente do Uniclinic. O jogo se tornou franco, movimentado, mas com os goleiros trabalhando pouco, até o gol de Zé Carlos.

O centroavante contratado recentemente, aproveitou a jogada que nasceu em uma sequência de escanteios,e em um deles, Heitor conseguiu levantar a bola e Vinicius Baiano se antecipar ao goleiro, dando passe para o atacante só completar. O gol deu nova cara ao Fortaleza que começou a trocar passes e envolver a zaga adversária, daí quase nasceu o gol de Pablo que chutou pra fora.

O gol que não saira com Pablo, veio dois minutos depois com o atacante Gabriel. O jovem jogador criou a jogada, abrindo espaço na zaga e abrindo na direita para o Vinicius Baiano cruzar em sua cabeça. 2X0 na mão e vitória garantida. Resultado que foi ampliado já aos 44 da segunda etapa, com Wesley aproveitando rebote. A vitória leva o Fortaleza para a vice liderança com 14 pontos, enquanto o Uniclinic fica estacionado com 8 pontos, correndo riscos de rebaixamento.

 

Proximos Jogos

O Tricolor sai de Fortaleza para jogar contra o Moto Club em São Luís, valido pela Copa do Nordeste. Já o Uniclinic enfrenta o Maranguape no estádio Domingão em Horizonte, buscando escapar do rebaixamento e consequentemente a classificação para a segunda etapa.

 

Ficha Técnica

 

Fortaleza 3-0 Unicinic

Local: Castelão

Horário: 18:30

Data: 19/02

Gols: Zé Carlos(24/2T), Gabriel Pereira(33/2T) e Wesley(44/2T)
Cartão amarelo: Jefferson (FEC) aos 30/1T

 

Fortaleza: Boeck; Jefferson (Eduardo 32/2T), Heitor, Max Oliveira, Allan Vieira; Vacaria, Pablo, Schuster(Wesley 15/2T); Juninho Potiguar(Gabriel Pereira 15/2T), Vinicius Baiano e Zé Carlos

 

Uniclinic: Dionantan; Amaral, Anderson Sobral, Airton Junior, Eusébio(Ronaldo 30/2T); Guidio, João Neto, Jerson,  Vanim; Edson Carius( Moré 27/2T) e Netinho(Preto 25/2T)

 

Arbitro: Wladyerisson Silva Oliveira - FCF

Assistente 1: Marcione Mardonio da Silva Ribeiro - CBF

Assistente 2: Eleutério Felipe Marques Júnior - FCF

Público: 3212 pessoas(2876 pagantes)

Renda: R$ 9540 reais

Publicado em Futebol Cearense
Página 1 de 3